Viver e Trabalhar em Singapura

Singapura é um pequeno mas próspero país no Sudeste da Ásia com quase 5 milhões de habitantes, cuja língua principal é o Inglês.



Segundo dados de 20111 do FMI - Fundo Monetário Internacional era considerado o 3º país mais rico do Mundo por habitante (PIB per Capita) com quase 60.000 USD (dólares Estados Unidos) por pessoa. Como termo de comparação temos Portugal com 23.360 USD, muito menos de metade.

Em conjunto com a Coreia do Sul, Hong Kong e Taiwan é considerado um dos 4 Tigres Asiáticos, classificação que indica países na Ásia com elevadas taxas de crescimento e desenvolvimento económico. Os estrangeiros residentes representam cerca de 27% da população total  e é o local do Mundo onde residem mais famílias milionárias. Estes argumentos devem chegar para justificar que se trata de um excelente país para viver e trabalhar.

As especialidades mais procuradas

O Ministério do Trabalho elabora frequentemente uma lista de profissões estratégicas que prevê que tenham forte procura no mercado de trabalho. Esta lista é actualizada regularmente e pode consultá-la AQUI.

Para 2013 necessitam de Engenheiros e Técnicos Mecânicos, Electrotécnicos, Ciências Computacionais, Informática, Química, Ambiente, Civil, Ciências da Vida, Aeroespacial, Manutenção aeroespacial, Arquitectura Naval, Aviação, Estruturas, Recursos Petrolíferos e Plataformas Petrolíferas.

Na área da Saúde: Dietistas, Nutricionistas, Médicos, Cirurgiões, Enfermeiros, Farmacêuticos, Fisioterapeutas, Radiologistas, Psicologia, Terapeutas da Fala,  Dentistas, Higienistas e Podiatria.

Na área da Construção: Arquitectos, Engenheiros Civis, Engenheiros Geotécnicos, Medidores-Orçamentistas, Desenhadores, Operadores de Auto-Cad, Rebocadores, Operadores de Gruas e Guindastes e Mestre de Obras.

Para serviços de Turismo: Curadores de Museu e Arte, Designer de Palco, Vigilantes de Casino, Gestores de Produção, Leiloeiros, Organizadores de Eventos e Feiras.

Existem igualmente muitas oportunidades na área financeira, dos media, informação e comunicação.

Vistos

Os não residentes têm de obter um Passe de trabalho antes de começar o período de laboração. Obter um Passe é relativamente fácil desde que tenha um contrato com vencimento mensal definido à partida.
Existem diferentes tipos de Passe:

  • Employment - Para profissionais estrangeiros qualificados que ganhem mais de 3.000 SGD (1.860€);
  • PEP (Personalizados) - Casos especiais em determinadas áreas profissionais;
  • EntrePass - Para empreendedores, que queiram iniciar um negócio;
  • S Pass - Para profissionais semi-qualificados com vencimento acima de 2.000 SGD;
  • Work Permit - Para trabalhadores não qualificados.

Onde procurar Emprego

http://jobs.gatewaylocations.com

Impostos

Os impostos são relativamente baixos comparativamente aos países Ocidentais da Europa.
A tabela mostra o IRS - Imposto sobre Rendimento em vigor durante o ano 2012.


Como exemplo quem ganha 50.000 SGD por ano (31.000€) pagou de IRS:
40.000 SGD => 500 SGD (Primeiros 40.000)
10.000 SGD => 700 SGD (7% dos restantes 10.000)
__________________________________________
IRS Anual 2012 = 1.250 SGD (Taxa de 2.5% de IRS)

Localização no Mapa


Ver mapa maior

Adaptação

A adaptação é relativamente acessível pois como o país pertenceu à Colónia Britânica tem muitas características ocidentais. Possuí uma grande comunidade estrangeira e uma forte presença multicultural que torna esta cidade um pólo cosmopolita. Existem inúmeras variedades e lojas internacionais sendo extremamente fácil contemplar o gosto de cada um.
Por se situar apenas a 137 Km do Equador as temperaturas são altas e a humidade elevada durante todo o ano. Este facto pode constituir uma desvantagem para muitas pessoas. Se prefere climas com temperaturas mais baixas consulte a hipótese de procurar emprego na Noruega ou Bélgica.

comment 0 comentários:

Enviar um comentário

Delete this element to display blogger navbar

 
Powered by Blogger