Fraudes, Burlas e Esquemas

Numa altura em que a oportunidade de emprego é escassa, proliferam os oportunistas com fraudes, burlas e esquemas sobre quem procura trabalho.


Ao responder a anúncios ou difundir o seu Currículo Vitae em sites e agências de recrutamento está a expor os seus dados pessoais, que  pessoas com menos escrúpulos podem aceder para fins pouco idóneos.
A base do funcionamento do esquema é quase sempre idêntica e muito conhecida, em que o destinatário é aliciado com algo muito tentador, mas que para o obter necessita de desembolsar algum dinheiro para o atingir. Este tipo de burla ficou conhecido pelos nomes de Esquema Nigeriano ou Russo.

Tipos de Esquemas

1. Os burlões enviam-lhe uma carta ou e-mail em nome de uma empresa anunciando que o pretendem contratar, aliciando-o com um vencimento generoso e diversas regalias. Parece bom demais para ser verdade.
Ao obter a sua resposta afirmativa dizem que necessitam de uma pequena quantia para tratar de assuntos administrativos, normalmente inscrições em associações, vistos, segurança social e finanças se a oferta for na Suíça, Brasil, Angola, Alemanha, Noruega ou qualquer outro país estrangeiro. 
Desempregado e perante esta generosa oportunidade qualquer um faz um pequeno sacrifício face ao retorno prometido, mas a realidade chega mais tarde quando recebe uma resposta negativa, ou nem sequer consegue contactar os promitentes empregadores generosos. De forma a darem credibilidade ao esquema chegam inclusivamente a desenvolver sites que atestam a boa credibilidade da empresa contratante e  a efectuar entrevistas por telefone.


2. Algumas falsas agências ou agentes de recrutamento afirmam que possuem uma carteira de grandes empresas que pretende contratar centenas de funcionários. As empresas que afirmam ter em carteira existem e são legitimas embora seja falso que trabalhem com elas, e as vagas de emprego não existem. Com base neste isco aceitam candidaturas a troco de uma taxa de inscrição.

3. Mas as burlas tornaram-se ainda mais sofisticadas mesmo para quem já está avisado que não deve efectuar qualquer pagamento perante uma proposta de trabalho.
A oferta chega pelos mesmos meios, e-mail, telefone ou carta, e não implica o pagamento de qualquer quantia monetária, parece um emprego tentador, trabalhar em casa e ainda ser bem remunerado, para tal apenas é necessário abrir uma conta bancária e transmitir os dados aos empregadores. O "trabalho" consiste em receber transferências reais de dinheiro para a sua conta bancária, ficar com a percentagem previamente definida (por exemplo 10%), levantar o restante e enviar via postal ou Western Union para um endereço definido pelo contratante. Trata-se de um esquema de lavagem de dinheiro, o dinheiro transferido para a sua conta é obtido de forma ilegal e facilmente detectável pelas autoridades que mais cedo ou mais tarde identificam-no como arguido em actividades ilícitas.
Como os evitar
  • Envie apenas o seu Curriculo Vitae para entidades reconhecidas;
  • Desconfie de qualquer proposta tentadora sobretudo se nem sequer foi a processo de selecção e entrevista;
  • Nunca efectue qualquer pagamento para obtenção de um emprego;
  • Verifique a empresa contratante e sua credibilidade através da morada da sede, telefones e registo comercial e fiscal;
  • Desconfie de e-mails que não estão associados ao nome da empresa (como por exemplo emprego@yahoo.com);
  • Pergunte como obtiveram os seus dados.

comment 2 comentários:

Anónimo disse...

Boa tarde respondi a um anuncio de emprego para trabalhar no Qatar mas alem de pedirem a minha documentaçao pediram 100 euros para o visto .
alem disto o contacto e por email nao ha nome de empresa e so n. de telemovel.
parece-me claramente burla o que acham

Anónimo disse...

claramente... já passei por uma destas situações tb... pediram-me 25euros para me inscrever para uma candidatura de emprego onde não diziam nem para que empresa íamos nem para que função... só que a nossa probabilidade de sermos aceites aumentava! que tangas! claro q não aceitei! no dia seguinte ainda se puseram a discutir comigo pelo telefone! lol foi em plena av. da republica em lisboa! num edifício de coworking! mandam-nos email a dizer para comparecermos e para escolher uma hora, e foram para uns 20 por dia ou mais! como é que se vai para um entrevista sem se saber ara o que é??? entretanto ouvi dizer q estavam em tribunal. Eu era novita na altura, fiz mal, não fiz queixa na policia, devia ter feito.... é que chegar a uma entrevista de emprego e a primeira coisa que vejo em cima da mesa é um terminal Multibanco!! que ridículo... espero q nenhuns dos jovens chamados tenham pago..!!

boa sorte a todos!
e olhos bem abertos!!! nunca pensei q isto pudesse acontecer em plena praça do saldanha mas aconteceu! à vista de toda a gente!!

Enviar um comentário

Delete this element to display blogger navbar

 
Powered by Blogger